// FENAIC Jovem
  • Ser cristão nos dias atuais tem sido um grande desafio, sobretudo para os jovens, pois, o mundo gira em torno de modismos, relativismos e outros; A juventude sofre assedio em todas as áreas de sua vida. Outrossim, com o coração firmado nos princípios bíblicos e com dedicação à oração, esses jovens tem mostrado a sociedade coetânea que é possível ser "um jovem pra frente, sem deixar Jesus para trás".

     

    Através de uma vida dedicada ao Senhor, o que se vê são jovens exemplares em tudo o que intentam fazer, seja na igreja, escola, trabalho, em casa, etc. Esses moços não são diferentes apenas por serem religiosos, o que de fato é relevante, porém, a busca pelo conhecimento, a entrega ao Espírito Santo e a dedicação deles ao evangelho tem sido os pilares de consolidação para uma vida vitoriosa. Parabéns Jovens!

// FENAIC Mulher
  • A mulher é o elo que liga marido e filhos. Por esta razão ela é, por muitas vêzes, o ponto de equilíbrio do lar. Uma mulher virtuosa é capaz de fazer do seu lar um jardim de felicidade e alegria em Cristo, apesar das circunstâncias.
     
    O primeiro nome que a mulher recebe na Bíblia é de auxiliadora. Auxiliadora para completar o homem, consciente de que em Cristo não há diferença. Gl 3:27-28; 1 Co 11.3.
     
    Elizabete Elliot, uma escritora contemporânea, escreve o seguinte: “ Nós fomos criadas para sermos mulheres. O fato de ser mulher, não me faz um tipo de cristã diferente, mas o fato de ser cristã me faz uma mulher diferente.
     
    A mulher como auxiliadora – discípula, deve revelar o caráter de Cristo em seu viver diário, conservando sobre si a unção do Espírito Santo. Antes da submissão ao marido, já deve ser ao Senhor. Isso só é possível se a vida estiver centralizada em Cristo.

// Galeria de Fotos
Palavra do Presidente

A fé que vence as provas

O nosso futuro depende de nossas decisões, pois só posso receber o que decido ter ou ser, pois Deus satisfazer os desejos de nossos corações. Três jovens judeus, Sadraque, Mesaque e Abednego tiveram que escolher entre serem 'livres' e adorarem a imagem de Nabucodonozor ou continuarem fiéis a Deus e morrerem queimados. O rei os desafiam: "E quem é o deus que vos poderá livrar das minhas mãos?”. Ousadamente eles dizem ao rei que eles servem a Deus por amor e gratidão e não por qualquer tipo de livramento, era um amor incondicional, como Deus ser o nosso amor por Deus: “Eis que o nosso Deus, a quem nós servimos, é que nos pode livrar; ele nos livrará da fornalha de fogo ardente, e da tua mão, ó rei. E, se não, fica sabendo ó rei, que não serviremos a teus deuses nem adoraremos a estátua de ouro que levantaste - (Dn 3. 17,18).

Se sua decisão por Deus te levar a fornalha, não se preocupe Deus vai estar lã te esperando e certamente de livrará, como livrou o três jovens judeus. Nem cheiro de fumaça ficou nos três amigos, saíram da fornalha ilesos. É assim que Deus trabalha para quem nEle espera, para quem não o trai em circunstância alguma.

Bispo Renato Andrade
   
QNM 01, Conj. A, Lote 23 - Ceilândia Sul / DF
Fone: (61) 3965-3468
E-mail: contato@fenaic.com
© 2012 FENAIC - Todos os Direitos Reservados